BLOG

BLOG

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Ex-atacante do Corinthians escapa da morte em acidente com caminhão


Um acidente grave envolvendo um caminhão que transportava batatas e um carro de passeio na Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP-340), conhecida como Campinas-Mogi, deixou um homem morto e pelo menos uma pessoa ferida na madrugada desta segunda-feira (5), em Mogi Guaçu (SP).
No veículo Honda Civic estavam quatro pessoas, entre elas o ex-atacante do Mogi Mirim Esporte Clube e do Corinthians José Wellington da Silva Aranha, o Leto, que não ficou ferido, e a esposa dele, Eliane Maria Rodrigues Aranha. Leto atualmente mora em Mogi Mirim (SP) e tem ligação com o clube da cidade como empresário de jogadores da equipe. Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros Gustavo Indalécio, o caminhão com placas de Pouso Alegre (MG) capotou e caiu sobre o Civic na altura do km 179 às 1h20, no sentido Mogi Guaçu-Mogi Mirim. O motorista do caminhão ficou preso nas ferragens e morreu no local. 
Os quatro ocupantes do carro de passeio conseguiram sair sozinhos do veículo e foram atendidos pela equipe de resgate da concessionária, segundo os bombeiros. Eles foram levados para o pronto-socorro da Santa Casa de Mogi Guaçu e depois liberados. A esposa do ex-atacante teve escoriações leves e passa bem. A Rodovia Adhemar de Barros chegou a ficar parcialmente interditada por cinco horas durante a madrugada, mas já foi limpa e liberada. A polícia não soube informar a causa do acidente, mas informou que no trecho onde houve o capotamento não há obras e que a rodovia está em boas condições. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Mogi Guaçu. O G1 tentou contato com o ex-jogador, mas até esta publicação ele não foi encontrado para comentar o assunto. ´Carrossel Caipira´ O ex-jogador Leto fez parte do "Carrossel Caipira" no time do Mogi Mirim no início da década de 1990, ao lado de Rivaldo e do técnico da Seleção Brasileira Feminina Oswaldo Alvarez, o Vadão. Depois disso, o ex-atacante foi contratado pela equipe do Corinthians. Atualmente, Leto mora em Mogi Mirim e tem ligação com o clube da cidade como empresário de alguns jogadores da equipe. Fonte: G1.com

Bandidos atiram nas pernas e nádegas e depois executam homem com tiros na cabeça


Um jovem de 22 anos, identificado como José Ederson Ferreira da Silva, foi morto a tiros, na tarde desta segunda-feira (5), no bairro de Passagem de Areia, em Parnamirim. De acordo com a polícia, a vítima foi perseguida por outros dois homens, que atiraram primeiro nas pernas e nádegas de José.
O policial militar Guerra, do 3º Batalhão, informou para a reportagem do Portal BO que, após o jovem cair baleado, os bandidos se aproximaram e atiraram mais cinco vezes na cabeça de José Ederson.
"Foi uma execução. Depois que o jovem caiu eles ainda atiraram para matar", comentou. Ainda segundo o policial militar, um veículo de cor azul se aproximou e os suspeitos entraram e fugiram.
Na localidade, ninguém quis comentar sobre a vida da vítima, mas informações extraoficiais dão conta que o crime foi motivado por causa do envolvimento de José com crimes. A polícia ainda informou que a vítima foi morta com tiros de pistola ponto 40.
Portal BO

Jovem que pilotava moto é encontrada morta na RN que liga Santa Cruz a São Bento do Trairi



Mais uma morte nas estradas do Trairi neste sábado. Desde vez na RN que liga Santa Cruz a São Bento do Trairi. 
Segundo informações colhidas junto a Polícia Militar, foi vítima Bruna Soares, residente no bairro Maracujá, em Santa Cruz. 
A principio, a causa da morte é um acidente envolvendo a vítima, que vinha em uma moto, quando um veiculo, nao identificado, a atingiu.

Mas não há uma certeza sobre o caso, pois a moto da vítima está em pé no local, intacto. Não está descartada a possibilidade de um assassinato, mas a morte por acidente é a mais provável, pois as feições delas ficaram bastante desfiguradas, e acredita-se que um carro bateu nela, especialmente na parte da cabeça.


O corpo da vítima encontra-se no local para a chegada do ITEP, cujo laudo definirá a causa da morte. A 9° Delegacia de Polícia Civil irá investigar o caso