bvbvbv

bvbvbv

kekeço

kekeço

FERNANDINHO

FERNANDINHO
VIAGENS

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Presidiário é executado no Pajuçara

Wallace da Silva foi perseguido antes de sofrer tiros na cabeça


FOTO: CEDIDA

O presidiário do regime aberto identificado como Wallace da Silva Ambrósio, de 24 anos foi executado no final da manhã desta sexta-feira (24), na rua Evilásio de Macêdo, no bairro Pajuçara, zona Norte de Natal. Segundo a polícia a vítima foi perseguida por uma dupla e morta com tiros na cabeça.
De acordo com o sargento Euclides, do 4º Batalhão, o presidiário trafegava de motocicleta quando dois homens não identificados, também em uma moto passaram a segui-lo e quando chegaram próximo a Avenida Pompéia os suspeitos atiraram. “Pelo que conseguimos apurar a vítima foi perseguida e morta de forma violenta com vários tiros na cabeça, mas ainda não podemos dizer o que pode ter motivado o assassinato”, informou.
Antes da chegada da polícia no local um desconhecido retirou todos os pertences da vítima e levou a motocicleta. O corpo de Wallace da Silva foi conduzido para a sede do ITEP onde foi necropsiado e liberado em seguida para o sepultamento. O fato será investigado pela delegacia especializada de Homicídios

Operação prende quadrilha em Macaíba


quadrilha_macaibaOs policiais civis da Delegacia de Macaíba deflagraram na manhã desta sexta-feira (24) a operação “Pugnandi”, com o objetivo de prender e desarticular uma quadrilha que vinha praticando tráfico de drogas e crimes como roubos e homicídios em Macaíba e região.

Foram presos por mandado de prisão: Franciran da Silva Soares, conhecido como “Tiririca”, de 28 anos; Flávio Anjo de Melo, conhecido como “Bombado”, de 26 anos; Andreilson da Costa Marques, de 27 anos; e Rodrigo Alexandre Farias Araujo, conhecido como “Rodrigo da Baixa”, de 23 anos. Além da prisão dos quatro homens, a equipe policial apreendeu também um carro, modelo Fiat Uno, de cor preta, que havia sido roubado na semana passada e que estava em posse de Rodrigo “da Baixa”; dinheiro, drogas e celulares.

Menina enterrada em duna no RN foi 'brutalmente torturada', diz delegado


Maria Eduarda, de 11 anos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Maria Eduarda, de 11 anos, foi encontrada morta
no dia 16 de julho (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A menina Maria Eduarda de Lima, de 11 anos, encontrada enterrada em duna de Jenipabu, no Rio Grande do Norte, foi "brutalmente torturada" antes de morrer.  A afirmação é do delegado Raimundo Rolim com base em laudos do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep). Segundo ele, a causa da morte foi asfixia mecânica decorrente de esganadura.

O caseiro Carlos Alexandre de Andrade, de 38 anos, está preso suspeito de ter cometido o crime.

"Ela foi brutalmente torturada. O corpo tinha vários hematomas, principalmente nas costas e no pescoço", disse o delegado. Segundo ele, a menina estava com o hímen rompido, mas ainda não é possível afirmar se ela foi estuprada. "Para materializar o estupro é preciso encontrar sêmen na vítima, e este laudo que pode comprovar o estupro ainda não foi concluído", afirmou.


O crime

O corpo de Maria Eduarda foi encontrado no dia 16 de julho enterrado em uma região de dunas, em Jenipabu, no município de Extremoz. A criança estava desaparecida desde o dia 12 de julho.

O caseiro preso suspeito de ter cometido o crime trabalha em um sítio próximo ao local onde o corpo da menina foi enterrado.

Segundo o delegado Raimundo Rolim, na residência do caseiro foi achada uma toalha infantil recortada, cujo pedaço que faltava foi usado para amordaçar a criança. “Quando o corpo de Maria Eduarda foi desenterrado, havia um pedaço de pano enrolado na boca da menina”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito já foi preso duas vezes por estupro. “Ele já cumpriu parte da pena, e atualmente cumpria o restante em liberdade”, acrescentou Rolim. O suspeito nega o crime.
O corpo de Maria Eduarda foi sepultado no dia 17 de julho.

Na residência do caseiro Carlos Alexandre de Andrade, policiais acharam um toalha recortada, cujo pedaço foi usado para amordaçar a menina (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Na residência do caseiro Carlos Alexandre de Andrade, policiais acharam uma toalha recortada, cujo pedaço foi usado para amordaçar a menina (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Potengi informes

Após fugir da Central de Polícia ‘Homem Aranha’ é preso depois de assalto em Tambauzinho

A Polícia Militar prendeu um homem e duas mulheres suspeitos de invadir o apartamento de uma farmacêutica, na madrugada desta sexta-feira (24), e levar vários aparelhos eletroeletrônicos, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.
A vítima foi encontrada pelo porteiro, amarrada e pedindo ajuda, momento em que os policiais do 1º Batalhão foram chamados e intensificaram as buscas, conseguindo interceptar os três dentro de um ônibus, no Parque Sólon de Lucena. Com eles, a PM recuperou uma TV e dois notebooks levados do apartamento.

Os suspeitos foram identificados como José Carlos Avelino, de 28 anos; Ana Alice Correia de França, 36; e Alessandra Pessoa dos Santos, de 31. José Carlos havia fugido da Central da Polícia na madrugada do dia 7 de junho, onde estava detido por ter invadido uma padaria, no bairro de Jaguaribe. Os três foram levados para o Distrito Integrado de Segurança Pública de Manaíra.
Com SEDS

Pedinte é executado a tiros

download
CARUARU: Por volta das 7h20 da noite desta quinta-feira (23), o pedinte identificado porGivanildo Rocha da Silva, de 47 anos, foi executado com 5 tiros na Rua Hermenegildo Francisco da Silva, a antiga rua E-2 na Vila Kennedy.
O Sargento Melo dos Anjos, disse que o crime foi cometido por dois elementos em uma moto que abordaram a vítima que ainda tentou correr, mas foi alcançada e executada pelos assassinos que fugiram em seguida.
A identificação do pedinte só foi possivel porque os policiais encontraram o cartão do SUS da vítima. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru. (Fonte: Blog do Adielson Galvão)
Postado por