BLOG

BLOG

sábado, 12 de novembro de 2016

Mãe de 11 filhos, mulher é suspeita de matar o próprio marido em Caicó, RN

Crime aconteceu na rua Salviano Santos, no bairro João Paulo II   (Foto: Francisco Fábio Araújo)
Conselheiros tutelares de Caicó tentam ajudar a família; na manhã deste sábado (12), comida foi doada (Foto: Francisco Fábio Araújo)
CONSELHEIROS TUTELARES TENTAM AJUDAR AS CRIANÇAS
G1/RN
Um artesão de 44 anos foi assassinado com uma facada no peito na noite desta sexta-feira (11) na cidade de Caicó, região Seridó do Rio Grande do Norte. A suspeita do assassinato é a própria mulher da vítima, uma dona de casa de 41 anos que fugiu após o crime. Ela teria golpeado o marido em meio a uma discussão, informou a Polícia Civil. O artesão morreu na hora.
O homicídio aconteceu no bairro João Paulo II. No momento da briga, ainda de acordo com a polícia, sete dos onze filhos do casal estavam em casa.
Na manhã deste sábado (12), o Conselho Tutelar foi à residência levar comida para os pequenos. “Muito difícil e triste ver a situação desta família, que está totalmente desestruturada”, comentou o conselheiro Francisco Fábio Araújo.
Ainda de acordo com Fábio, esta foi a segunda vez que a suspeita esfaqueou o marido.
Há um mês eles também brigaram durante uma bebedeira e ela feriu o marido no braço. Foi presa e passou uns quinze dias detida. Depois que foi solta, voltou para casa. Na noite desta sexta, os dois brigaram novamente. E mais uma vez eles tinham bebido. Só que agora ele teve menos sorte”, disse o conselheiro.
Segundo o conselheiro, a avó materna se comprometeu em cuidar dos netos.
O conselheiro disse que o filho mais velho do casal tem 24 anos e também deve ajudar na criação dos irmãos mais novos. Dos sete que ainda moravam com os pais, o mais novo tem 1 ano e o mais velha é uma adolescente de 15 anos.
A Delegacia Regional de Polícia Civil de Caicó informou que vai pedir à Justiça um mandado de prisão preventiva contra a suspeita

# MULHER É PRESA AO TENTAR MATAR MARIDO COM ÓLEO QUENTE EM MOSSORÓ #

O pequeno comerciante José Almiro Barroso de 57 anos teve 30 por cento do corpo queimado depois que sua companheira, Wigna Morais da Costa, jogou óleo de comida quente em cima dele.
O caso foi registrado pela Polícia Militar no início da madrugada deste sábado 12 de novembro no bairro Malvinas em Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte.
Segundo informações José Almiro, que tem um pequeno comércio ao lado do Mercado Central, no centro de Mossoró, estava deitado em sua casa, quando recebeu a agressão.
Uma Ambulância do SAMU foi ao local, e socorreu a vítima para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas ele deverá ser transferido para o Hospital de queimados em Natal, uma vez que o mesmo sofreu queimaduras de terceiro grau na cabeça, braço e costas.
A agressora foi presa pela PM e encaminhada à Delegacia de Plantão. Ao delegado Dr. Evandro dos Santos, ela alegou que convivia com seu companheiro a cerca de dois anos e que constantemente era espancada por ele.
Wigna Morais foi autuada por tentativa de homicídio e encaminhada ao Pavilhão Feminino da Penitenciária Mário Negócio onde vai aguardar decisão da Justiça.


NOTÍCIA DO FACE

ATENTADO NA CIDADE DE MACAÍBA RN

Um atentado a tiros foi registrado na manhã deste sábado (12) na feira livre da cidade de Macaíba/RN por trás do Mercado Público, houve um tiroteio que deixou uma vítima fatal e outra baleada.
De acordo com a polícia, dois homens trocaram tiros. Um veio a óbito no local e outro mesmo baleado conseguiu fugir.
Em breve maiores informações !
# Na Ficha da Polícia RN