bvbvbv

bvbvbv

kekeço

kekeço

FERNANDINHO

FERNANDINHO
VIAGENS

sexta-feira, 24 de março de 2017

CORONEL EZEQUIEL , Ariela Diniz é a primeira Transexual do RN a usar nome social como enfermeira


A transexual Ariela Diniz, da cidade de Coronel Ezequiel, Rio Grande do Norte, usou as redes sociais nesta sexta-feira (24) para externar sua alegria em ter conquistado o direito de usar seu nome social no seu jaleco e na sua carteira do Conselho Regional de Enfermagem (Coren). Tudo começou após a enfermeira ser denunciada a diretora da unidade de saúde que trabalha por usar no seu jaleco o nome que, para a denunciante, não seria o seu. De acordo com a denúncia, a mesma estaria cometendo um crime.

Após o fato, Ariela começou uma luta para conseguir provar a sua identidade social e obter o direito de continuar usando o jaleco com o seu nome feminino e ter o mesmo no seu documento junto ao conselho da categoria. De acordo com a publicação, ao procurar o Coren o mesmo também não tinha conhecimento do direito de Ariela usar o nome social, até pelo fato de a enfermeira ter sido a primeira a requerer o direito no estado.

Após a solicitação, o Coren entrou em contato com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e o mesmo deu o direito a enfermeira de usar o seu nome social, conforme solicitado. Após a decisão, Ariela usou as redes sociais para comemorar a conquista.

“Entrei para a história do Coren do RN. Me falaram que fui a primeira trans a requerer os meus direitos e obtive sucesso. O Cofen me liberou usar não só o nome social no jaleco como na carteira do Coren. Agora sim vou poder assinar todos meus procedimentos com o nome Ariela Diniz. Nossa, me sinto poderosa fazer história desse tipo como na UFRN e agora no Coren”, escreveu a enfermeira.



Com POLITICANDOPB

Sem comentários:

Enviar um comentário